História e Bíblia

UMA PONTE PARA O CONHECIMENTO

Translate

Follow by Email

Total de visualizações de página

SEJA UM SEGUIDOR


Olá, seja bem vindo ao blog HISTÓRIA E BÍBLIA! Gostária de convidá-lo a
ser um seguidor. Basta clicar em seguir ao lado e seguir as orientações.
domingo, 12 de julho de 2009

O CAJADO DO PASTOR



Será que é verdade que o cajado serve para o pastor bater, punir ou ferir as ovelhas?

“Tu estas comigo a tua vara e o teu cajado me consolam” Salmo 23.4

O salmo 23 é um cântico de confiança que expressa o sentimento de confiança que as ovelhas têm por seu pastor, e a segurança que ele transmite através da utilização de uma vara (bastão, bordão) e de um cajado.

Em todo contexto do salmo 23, e em toda História de Israel, e dos pastores da Palestina, jamais um pastor fez uso da vara ou do cajado para punir as ovelhas de seu rebanho. A vara e o cajado nunca foram utilizados para ameaçar, maltratar, ferir, matar ou prejudicar de qualquer forma as ovelhas.

A prioridade absoluta e permanente do pastor é através de seus recursos – a vara e o cajado – oferecer totais garantia de bem estar para suas ovelhas.

O cajado e a vara somente eram usados para beneficiar as ovelhas

A vara – bordão, bastão – era uma espécie de pau grosso, resistente, compacto e pesado, de aproximadamente 60 centímetros a 1 metro de comprimento. Servia de apoio ou arma. O pastor utilizava a vara para proteger as ovelhas dos ataques dos lobos e outras feras, pois as ovelhas não têm meios próprios de defesa. As ovelhas são animais débeis, e presas fáceis para os predadores, portanto, são dependentes da proteção do pastor.

O cajado tinha aproximadamente 3 metros de comprimento e tinha a ponta curvada, como um gancho, que servia para impedir a queda das ovelhas à beira de barrancos e penhascos. Quando uma ovelha caia em um buraco, o cajado era utilizado para erguê-la, pois a ponta curva, em forma de gancho, se encaixava no peito da ovelha que era elevada de volta ao caminho.

As ovelhas não enxergam mais que 8 a 10 metros. Por isso o pastor sempre ia à frente com o cajado guiando-as por montanhas, vales, precipícios e penhascos, mantendo-as sempre no caminho seguro, evitando suas quedas ou afogamentos nas fortes correntezas.

Portanto vara e cajado só podem fazer mal para lobos e feras. Nunca será possível ver um pastor usando um cajado ou vara contra uma ovelha. Jesus é o Bom Pastor (João 10.11), e nunca usou a vara para punir a igreja. Então quando alguém diz que Deus está descendo o cajado na igreja, ou quando alguém traz uma mensagem muito dura, e diz que é o cajado de Deus, ou ainda quando um pastor ou pregador, diz que vai usar o cajado contra os irmãos, estas idéia são falsas e anti-bíblicas.

Mas quando um pastor recupera um crente desviado, ou quando uma mensagem conforta e dá alívio, ou ainda quando a Palavra de Deus levanta o caído, então agora sim, pode-se dizer que a vara e o cajado de Deus foram utilizados.

(I.M.Brandão Junior - teologo e diácono da Igreja Evangélica Assembléia de Deus)


Bibliografia:

ALLEN, Charles. A Psiquiatria de Deus. editora Betânia.

Biblia de Estudo Anotada. ediora Mundo Cristão.

KIDNER, Derek. Introdução e Comentário Salmos. edições Vida Nova.


1 comentários:

jean silva disse...

Ótimo estudo Evangelista, Deus te Abençoe sempre, Graça e Paz.