História e Bíblia

UMA PONTE PARA O CONHECIMENTO

Translate

Follow by Email

Total de visualizações de página

SEJA UM SEGUIDOR


Olá, seja bem vindo ao blog HISTÓRIA E BÍBLIA! Gostária de convidá-lo a
ser um seguidor. Basta clicar em seguir ao lado e seguir as orientações.
terça-feira, 13 de julho de 2010

A Resposta de Deus está na humanidade de Jesus


"Um pastor e o Menino" pintura de Jenifer Swindle

A Resposta de Deus está na humanidade de Jesus


Lucas 2. 8 – 18.


8. Havia, naquela mesma região, pastores que viviam nos campos e guardavam o seu rebanho durante as vigílias da noite.

9 E um anjo do Senhor desceu aonde eles estavam, e a glória do Senhor brilhou ao redor deles; e ficaram tomados de grande temor.

10 O anjo, porém, lhes disse: Não temais; eis aqui vos trago boa-nova de grande alegria, que o será para todo o povo:

11 é que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor.

12 E isto vos servirá de sinal: encontrareis uma criança envolta em faixas e deitada em manjedoura.

13 E, subitamente, apareceu com o anjo uma multidão da milícia celestial, louvando a Deus e dizendo:

14 Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens, a quem ele quer bem.

15 E, ausentando-se deles os anjos para o céu, diziam os pastores uns aos outros: Vamos até Belém e vejamos os acontecimentos que o Senhor nos deu a conhecer.

16 Foram apressadamente e acharam Maria e José e a criança deitada na manjedoura.

17 E, vendo-o, divulgaram o que lhes tinha sido dito a respeito deste menino.

18 Todos os que ouviram se admiraram das coisas referidas pelos pastores.


Muitas vezes esperamos que de repente Deus faça um grande acontecimento espantosos que surpreenda toda humanidade e transforme de vez o mundo decaído em um lugar de plena paz. Essa expectativa também era vivida pelos judeus do inicio do século I. O Império Romano havia subjugado a região da Palestina e os judeus já não tinham mais autonomia política. A esperança deles era que surgisse alguém como Moisés, um grande libertador que com poderes extraordinários humilhara Faraó e o Egito com as 10 grandes pragas. Ou um grande rei como Davi, guerreiro e que fez com Israel dominasse os povos vizinhos.


Mas, Deus visitou os judeus e enviou o socorro, porém, muito diferente do esperado, pois a resposta divina estava em “uma criança envolta em faixas e deitada em manjedoura” (v. 12).


O mais interessante é que o anjo do Senhor estava ali, a Gloria de Deus estava ali, e mais, “uma multidão da milícia celestial” estava em Israel, em plena opressão romana. Ah, se todo judeu pudesse ter visto o que os pastores viram, certamente pensariam que era chegado o momento de uma grande realização que destroçaria os romanos e colocaria o povo judeu como os grandes dominadores do mundo. Mas NÃO. A resposta de Deus para os problemas conflitantes de seu povo (e de toda humanidade) estava não nos anjos e nem no exército deles, mas na simples e ao mesmo tempo poderosa humanização de Jesus Cristo. Nem mesmo foram os anjos que anunciaram ao povo esse acontecimento, mas eles encarregaram os pastores (homens simples) para divulgarem a boa nova.


A PAZ na Terra surgiu não dos anjos, mas do nascimento de Jesus. E ainda hoje, enquanto buscarmos ou esperarmos em acontecimentos suntuosos para modificarem o curso da História nós estaremos fora da diretriz de Deus. A resposta é simples e está na vida de Jesus, pois sua forma de viver deve ser a fonte de inspiração que transforma os homens e a sociedade trazendo a realização da Paz, não apenas interior, mas completa e integral, que atinge o ser humano em sua plenitude.


Se o que ele disse for observado e considerado, certamente o mundo será outro. Não adiante culpar Deus pelas desgraças humanas, que nós mesmos produzimos. Não adiante dizer que Deus não faz nada e por isso ele não existe ou não liga para nós. ELE já deu a resposta a cerca de 2000 anos atrás, apenas nos falta crer que num ato singelo (um menino numa estrebaria) estava a fonte da PAZ NA TERRA!

Alexandre L M Brandão



0 comentários: