História e Bíblia

UMA PONTE PARA O CONHECIMENTO

Translate

Follow by Email

Total de visualizações de página

SEJA UM SEGUIDOR


Olá, seja bem vindo ao blog HISTÓRIA E BÍBLIA! Gostária de convidá-lo a
ser um seguidor. Basta clicar em seguir ao lado e seguir as orientações.
sábado, 26 de março de 2011

A FÉ TEM QUE SER MAIOR QUE A INFORMAÇÃO







A FÉ TEM QUE SER MAIOR QUE A INFORMAÇÃO!

(Caio Fabio)

Abraão ouviu um dia a voz de Deus. “Sai de tua casa...” Ele obedeceu e foi sem saber para onde ia.

No curso dos anos de peregrinação—e foram décadas—ele conheceu Deus. Muitas vezes Deus falou com ele em sonho. A leitura do Gênesis nos mostra que na maioria das vezes a voz de Deus se fez ouvir sem anjos ou aparições objetivamente gloriosas. O que se lê é: “Apareceu o Senhor...” “Falou o Senhor...” “Disse o Senhor a Abraão...” Há obviamente a visita dos três anjos e a manifestação do Anjo do Senhor. Essa manifestação teve características de fisicalidade e objetividade. Os circunstantes participaram e de comida e bebida foram servidos. Mas na noite mais escura e na hora mais dramática nada se diz além de um “Disse o Senhor a Abraão...” e a recomendação era para que imolasse o seu filho em sacrifício a Deus.

Abraão, antes de tudo, dissera: “Eis-me aqui Senhor...” Quando caminhava com Isaque na direção de Moriá, o garoto, suspeitando que algo horrível estava para acontecer, lhe diz “Meu pai”—insinuando que desejava falar. A resposta de Abraão é a mesma: “Eis-me aqui, meu filho...” Abraão já conhecia tanto a Deus que sua fé prescindia de explicações. Ele se tornara um homem livre da necessidade de informação para seguir. “Onde está o cordeiro para o holocausto?”—indagava o aflito Isaque. “No monte do Senhor há visão”—é o que diz o texto no original. Ele, literalmente, não andava pelo que via e nem pelo que sabia. Abraão andava porque conhecia a Deus, mesmo que nada soubesse de Seus Caminhos.

Existe a fé que quer saber o caminho para decidir se segue. Mas a verdadeira fé não tem perguntas a fazer. Sabe de Deus. Por isso, discerne duas coisas:

1. Quem conhece a Deus não precisa de explicações.

2. Quem conhece a Deus sabe que mesmo não tendo a “visão” das coisas, mas em Deus há visão. Deus sabe por mim. Deus vê por mim. Abraão creu e isto lhe foi imputado como justiça! Eu quero aprender a confiar e crer assim também.

Isto certamente não torna a existência mais fácil, mas com certeza conduz ao lugar onde todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus. Afinal, eu não sei, mas Ele sabe por mim; eu não vejo, mas Ele vê por mim. E eu só enxergo o invisível pela fé. E minha fé é que Deus sabe e vê por mim e por você. De minha parte, só tenho que dizer: “Eis-me aqui, Senhor!”



0 comentários: